.                                                                                                                                          Jaraguá do Sul/SC,

CONTEÚDO

Ú L T I M A S

PAINEL

.

  Página Inicial

  O Sindicato

  Notícias

  Boletins

  Convênios

  Sindicalize-se

  Contato


 

 CONVÊNIOS

Guia de Convênios


Veja aqui a versão ON LINE
da nova edição do Guia de Convênios médicos, odontológicos, laboratórios e lojas do comércio, em toda
a microrregião. O Guia traz o percentual de desconto exclusivo aos associados
ao Sindicato.


.
BUSCA NO SITE


.


 

 INDICADOS




.







Usuário

Senha

 

 

08 de Maio 2015


05 de Maio 2015

Sinsep e Fetram em pré-conferências
de Educação

     O presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schörner, e o presidente da Federação dos Trabalhadores Municipais de Santa Catarina (Fetram), o professor Lizeu Mazzioni, participaram da Pré-conferência da Educação realizada em 29 de abril, no auditório do Colégio São Luís, onde foi debatido o tema “Financiamento e Gestão Democrática”. A convite dos organizadores do evento, Mazzioni – que já foi secretário de Educação da cidade de Chapecó (1998 a 2002) – fez uma palestra explicando as origens dos recursos destinados ao financiamento da Educação Pública nos municípios. Como representante do Sindicato no Conselho Municipal de Educação, Schörner integra a comissão organizadora da 3ª Conferência Municipal de Educação de Jaraguá do Sul, que envolveu ainda outros cinco eventos preparatórios realizados em abril para debater os seguintes temas: Ensino Fundamental; Ensino Médio/Técnico e Superior; Profissionais da Educação; Educação Infantil; Educação Especial. A Conferência está agendada para o dia 7 de maio, no auditório do Centro Empresarial/JS.


04 de Maio 2015


04 de Maio 2015


30 de Abril 2015


30 de Abril 2015


24 de Abril 2015

Servidores de Guaramirim permanecem mobilizados

 Em Assembleia Geral realizada no fim da tarde desta quarta-feira (22), os cerca de 80 servidores de Guaramirim reunidos na Câmara de Vereadores optaram por não entrar em greve nesse momento, mas decidiram que a categoria deve permanecer mobilizada e adotar estratégias alternativas para pressionar a administração municipal a atender suas reivindicações. Ganho real nos salários – acima dos 7,69% relativos ao INPC do período fechado em março –, aumento do vale alimentação, reforma do Plano de Cargos e Salários para todos e implantação do Plano de Carreira do Magistério são os principais pontos da pauta reafirmada pelos servidores. 

Uma comissão integrada por representantes da categoria eleitos na Assembleia e membros da diretoria do Sindicato tem reunião agendada já para segunda-feira (27), quando começará a planejar a execução das atividades sugeridas e aprovadas pelos servidores nessa quarta-feira. A categoria está indignada com a administração municipal porque não concedeu ganho real agora, mas no ano passado promoveu reclassificação salarial a alguns setores, numa espécie de minirreforma do Plano de Cargos e Salários. O problema não foi a iniciativa da reclassificação e sim ter deixado de contemplar toda a categoria.


15 de Abril 2015

Assembleia de servidores jaraguaenses aprova reajuste salarial de 8,43%

     Os servidores públicos municipais de Jaraguá do Sul aprovaram a proposta de reajuste salarial feita pelo prefeito Dieter Janssen, durante Assembleia Geral realizada na noite do dia 14, no auditório do Sindicato dos Trabalhadores do Vestuário. A proposta, feita à comissão de negociação dos servidores no dia 10 inclui reajuste salarial de 8,43%, mais aumento de 5% no valor do auxílio refeição. Agora, o projeto de lei segue para aprovação na Câmara de Vereadores e posterior sanção do prefeito, para que a Lei entre em vigor a partir de 1º de abril, data base da categoria. A principal expectativa foi pela garantia de uma mesa de negociação permanente com a administração municipal, que ficou acertada durante a audiência com o prefeito.

     A zeladora Marlene, que trabalha na Secretaria de Bem-estar Social, participou da comissão de negociação e entende como foi difícil: "O pessoal às vezes fala mal do Sindicato e, estando junto, a gente consegue ver que o Sindicato briga pelo trabalhador. É mais uma vitória dos servidores, vamos continuar negociando", disse Marlene. A professora Luciana acha que o resultado "não foi o que se queria, porque não houve ganho real, mas para começar está bom". A servidora Vera considerou que "o reajuste foi bom, diante do que a economia apresenta atualmente e do que os servidores de outros municípios têm conseguido. O Sindicato trabalhou dentro das possibilidades que o município poderia repassar", concluiu.


14 de Abril 2015

Servidores municipais pedem apoio aos vereadores de Corupá

    O presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schörner, participou da Tribuna Livre da Câmara Municipal de Corupá, na sessão de segunda-feira (13), quando pediu apoio dos vereadores às reivindicações da Campanha Salarial 2015 dos servidores corupaenses. Ele informou que a categoria está pedindo reajuste salaria de 13,01% a todos os servidores, explicando que para os professores deve ser retroativo a janeiro, na tabela salarial, em cumprimento ao reajuste do Piso do Magistério para este ano. 

    Outros dois itens destacados por Schörner em seu pronunciamento foi o aumento do vale alimentação para R$ 386,00 por mês e que o prefeito reabra negociações com a direção do Sinsep. “A Campanha Salarial não envolve apenas percentuais de aumento; temos outros assuntos que podem ser resolvidos apenas com diálogo”, argumentou.  

    O presidente do Sinsep também falou sobre os demais itens da pauta de reivindicações: revisão do Plano de Cargos e Salários; implantação da Hora Atividade; mesa de negociação permanente; fim da terceirização; realização de concurso público; acessibilidade; saúde e melhores condições de trabalho; pagamento do 14º salário e do adicional de insalubridade aos agentes comunitários de saúde.

     Também aprovada na Assembleia Geral da Campanha Salarial 2015 dos Servidores de Corupá, realizada em 8 de abril, na Câmara de Vereadores, a participação do Sinsep na Tribuna Livre do Legislativo Municipal foi solicitada no dia seguinte (9). Nessa mesma data, um ofício apresentando a pauta de reivindicações aprovada pela Assembleia dos Servidores e solicitando audiência com o prefeito para iniciar as negociações foi protocolado na Prefeitura de Corupá. “Ainda estamos aguardando resposta e esperamos que o prefeito volte a nos receber para que possamos negociar não só a questão salarial, mas também demandas importantes para a categoria que não dependem de recursos financeiros para serem atendidas”, salientou Schörner, lembrando que há dois anos a administração municipal corupaense não negocia com o Sindicato.  


13 de Abril 2015


10 de Abril 2015


10 de Abril 2015


09 de Abril 2015

Vereadores de Massaranduba apoiam reivindicações do servidor municipal

Pauta foi apresentada pelo presidente do Sinsep
na Tribuna Livre da Câmara, na segunda (6)

Os vereadores de Massaranduba declararam apoio às reivindicações da Campanha Salarial 2015 dos servidores públicos municipais, assim que o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schörner concluiu a apresentação da pauta e fez os esclarecimentos solicitados durante seu pronunciamento na Tribuna Livre da Câmara Municipal, na sessão do dia 6. Apesar de o Projeto de Lei que concede aos servidores reajuste salarial de 7,67% (variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor dos últimos 12 meses) já estar na Câmara para ser encaminhado à votação, os vereadores se comprometeram a interceder junto ao prefeito Mário Fernando Reinke para que ele conceda ganho real ao salário e reajuste o valor do vale alimentação.

Acompanhado por outros diretores do Sinsep e servidores municipais na plateia, Luiz Schörner apresentou aos vereadores ponto por ponto da pauta de reivindicações da categoria: reajuste salarial de 10%; aumento do vale alimentação para R$ 16,00 por dia trabalhado; que o prefeito reabra negociações com a direção do Sinsep; pagamento do Piso Nacional do Magistério; revisão do Plano de Cargos e Salários; fim da terceirização; realização de concurso público; acessibilidade; saúde e melhores condições de trabalho; auxílio transporte para os servidores que trabalham em locais distantes. Na oportunidade, Schörner também lamentou a postura do prefeito em não receber o Sindicato para negociar e argumentou que a negociação da Campanha Salarial não envolve apenas percentuais de aumento.


Na tribuna da Câmara, presidente do Sinsep pediu o apoio dos vereadores.


09 de Abril 2015

Movimento sindical nas ruas em defesa
dos direitos do trabalhador

     Sindicatos da região Norte de Santa Catarina participaram, dia 7 de abril, em Joinville, de ato público em defesa da Saúde e da Vida da Classe Trabalhadora. A manifestação aconteceu na Praça da Bandeira, centro da cidade, em celebração ao Dia Mundial da Saúde. A intenção dos organizadores foi chamar a atenção da população para a necessidade de mais peritos no INSS, melhores condições no ambiente de trabalho e contra a terceirização, já que ao Projeto de Lei 4.330, que trata da terceirização, pode ser votado a qualquer momento pelo Congresso Nacional. O ato também foi de apoio à greve dos professores da rede estadual, que começou dia 24 de março. Até o momento, o Sindicato da categoria estima que a paralisação atinge cerca de 40% da categoria.

     Uma comissão de manifestantes entregou um documento à gerência do INSS de Joinville contendo as reivindicações no que se refere à saúde do trabalhador. A falta de médicos peritos é um caso considerado grave pelo movimento sindical de todo o Estado. Atualmente, a cidade de Joinville conta com apenas noves peritos e duas agências, sendo que o prazo para se conseguir uma perícia médica é de 120 dias. Também foi denunciada a falta de fiscais e mesmo quando eles aparecem nos locais de trabalho, eles avisam antes, afirmou um sindicalista presente ao ato. Segundo ele, somente em uma grande empresa de Joinville, 700 trabalhadores estão afastados por doença ou acidente de trabalho. O número de trabalhadores com carteira assinada em Joinville é de 198 mil.

     De acordo com dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), de um total de 2,34 milhões de acidentes de trabalho mortais a cada ano, 321 mil se devem a acidentes, os outros 2,02 milhões de mortes são causadas por diversos tipos de enfermidades relacionadas com o trabalho, o que equivale a uma média diária de mais de 5.500 mortes. A presidente do Sindicato da Construção e Mobiliário de Jaraguá do Sul e Região, Helenice Vieira dos Santos lamentou a triste situação em que se encontram os trabalhadores vítimas de acidentes e doenças do trabalho, lembrando que a categoria a que pertence é uma das campeãs em mutilação e acidentes com mortes. Ela também declarou apoio à greve dos professores.

     O presidente do Sindicato dos Servidores de Jaraguá do Sul e Região (Sinsep), Luiz Cezar Schörner lembrou ainda que as manifestações fazem parte do movimento sindical, “que sempre esteve nas ruas reivindicando e cobrando do governo". Já o presidente do Sindicato da Construção e Mobiliário de São Bento do Sul e Campo Alegre, Airton Anhaia criticou os Sindicatos que estão deixando a luta de lado e comparou a situação atual com a época da escravidão. “Somos os escravos modernos e a caneta é o chicote”, disse o sindicalista, fazendo referência ao ataque dos políticos e dos empresários aos direitos dos trabalhadores. Fonte: Informaeditora


Trabalhadores na frente do INSS para entregar documento com as reivindicações à gerência do Instituto, em Joinville


07 de Abril 2015


06 de Abril 2015


02 de Abril 2015


01 de Abril 2015

Servidores de Guaramirim querem
aumento real de salário

 Categoria poderá entrar em greve por tempo indeterminado, caso não haja avanço nas negociações.

O Sinsep entregou diretamente ao prefeito Lauro Frölich, na tarde do dia 31 de março, ofício de comunicação sobre o resultado da Assembleia Geral da categoria, realizada às 18 horas do dia 30 de março, na Câmara de Vereadores e onde os servidores presentes rejeitaram a proposta de negociação e o reajuste salarial concedido pela administração. Lauro Frölich concedeu 7,69% de reajuste, referentes à variação da inflação/INPC do período e pediu para que os servidores aguardassem até meados de maio para uma nova rodada de negociação, quando será avaliada a possibilidade de dar ganho real aos salários e aumento no vale alimentação.

Os servidores ainda reafirmaram as reivindicações aprovadas na Assembleia Geral do dia 3 de março: aumento real nos salários e aumento do vale alimentação para R$ 500,00 por mês, além da nomeação de uma comissão para estudo da reforma do Plano de Cargos e Salários. Nova Assembleia da categoria foi agendada para o dia 22 de abril, a partir das 18 horas, provavelmente na Câmara de Vereadores (local a confirmar), com possibilidade de aprovação de greve por tempo indeterminado, caso as negociações não tiverem avanço. "Ao receber o ofício, o prefeito ficou de estudar a situação e chamar a direção do Sindicato e a comissão de negociação, antes da Assembleia do dia 22 de abril", contou o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schörner.


01 de Abril 2015


26 de Março 2015

Servidores de Massaranduba reivindicam
10% de reajuste salarial

 Reabertura das negociações entre os principais itens da
pauta aprovado na Assembleia

     Os servidores de Massaranduba reivindicam reajuste salarial de 10% e aumento do auxílio alimentação de R$ 12,00 para R$ 16,00 por dia trabalhado. Estes foram os principais itens da pauta de reivindicações aprovada pelos servidores municipais na Assembleia Geral da Campanha Salarial 2015, realizada na noite de quarta-feira (25), na Câmara de Vereadores. Outro destaque da pauta é a reabertura de negociações do prefeito com a direção do Sinsep.

     Na pauta aprovada pela Assembleia ainda constam as seguintes reivindicações: revisão do Plano de Cargos e Salários; fim da terceirização; realização de concurso público; acessibilidade; saúde e melhores condições de trabalho; auxílio transporte para os servidores que trabalham em locais distantes. Participaram da Assembleia o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schörner, a vice Neiva Fracasso e os diretores Idiney Petry, Jorge Pedroso e Rodolfo Stringari.

     Essa foi a quarta Assembleia do calendário da Campanha Salarial 2015 desencadeada pelo Sinsep nos municípios da região, sob o lema “Eu quero aumento real de salário”. A próxima será com os servidores de Corupá, em 8 de abril, às 18 horas, na Câmara Municipal Corupaense. Antes, porém, acontecerá a Assembleia de Avaliação de Guaramirim na segunda-feira (30), às 18 horas, na Câmara de Vereadores.

 Sinsep na Câmara de Massaranduba em 6 de abril

     A direção do Sinsep fará uso da palavra livre na Câmara Municipal de Massaranduba durante a sessão do dia 6 de abril, que inicia às 19 horas. A participação do Sindicato foi acertada com o presidente do Legislativo, Silvio Mainka, que prestigiou a Assembleia dos Servidores, onde também compareceu o vereador Giovanni Tonet. “O objetivo é expor aos vereadores a pauta de reivindicações da categoria e solicitar que intercedam junto ao prefeito para que seja atendida e que ele reabra as negociações com o Sindicado”, explicou Schörner, convocando os servidores massarandubenses a comparecer na Câmara em 6 de abril.


24 de Março 2015


24 de Março 2015


23 de Março 2015

Prefeito de Guaramirim oferece
7,69% de reajuste salarial

 Nova Assembleia dos servidores marcada para o próximo dia 30

      A comissão de negociação da Campanha Salarial foi informada pelo prefeito de Guaramirim, Lauro Fröhlich, em reunião realizada na de sexta-feira (20) que, no momento, a Prefeitura somente poderá reajustar os salários da categoria em 7,69% – que corresponde ao INPC do período. Mas não fechou a questão e garantiu que, em maio, a administração municipal avaliará a possibilidade de conceder ganho real aos salários e aumento do vale alimentação.

   Embora a reivindicação econômica ainda não corresponda às expectativas, a comissão de negociação avalia como “extremamente positiva esta reabertura do diálogo do prefeito com o Sindicato, estabelecendo, inclusive, uma mesa de negociação permanente”. Também houve esclarecimentos sobre alguns itens da pauta de reivindicações, como o plano de saúde para os servidores, que está em fase de credenciamento das empresas interessadas.

      Já o pagamento do adicional de insalubridade para Agente Comunitário de Saúde dependerá de um laudo técnico que está em sendo realizado. Esse item e discussão da continuidade da revisão do Plano de Cargos e Salários para todas as categorias, assim como os demais pontos da pauta de reivindicações serão retomados a partir de maio.

      O único ponto sem negociação foi o pagamento dos 13,01% de reajuste do Piso Nacional do Magistério. “Já comunicamos o prefeito que, assim como em anos anteriores, o Sinsep entrará na Justiça novamente para cobrar este aumento para os professores”, acrescenta o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schorner. Além de Schörner, também participaram da reunião com o prefeito as diretoras do Sinsep Idinei Petry, Julie Poglia, Maria Isidoro, Laura de Oliveira, Rosária Leonardo e Gerson Oreste Venturi, e os representantes dos servidores escolhidos na Assembleia Geral, Vanderlei Martins, Tiago Dolny, Olga Nalu Gonçalves Brugnago e Marilza Slabiski Zazycki.

 Nova assembleia no dia 30 de março

      O Sinsep convoca os servidores municipais de Guaramirim para nova Assembleia Geral da Campanha Salarial, a ser realizada a partir das 18 horas do próximo dia 30, na Câmara de Vereadores. Na oportunidade, a categoria avaliará a proposta da Prefeitura com base na pauta aprovada pelos servidores durante a Assembleia do dia 2 de março, tendo como principais reivindicações reajuste salarial de 11% e aumento do vale alimentação para R$ 500,00.


23 de Março 2015

Servidor de Schroeder conquista
8,5% de reajuste salarial

 Aos professores, Prefeitura confirmou o índice de aumento do Piso Nacional do Magistério

      A negociação da Campanha Salarial entre o Sinsep e a Prefeitura de Schroeder resultou na conquista de 1% de ganho real para a categoria, que receberá aumento de 8,5% em seus salários a partir deste mês. Já para todos os professores da rede municipal está confirmado, na tabela salarial, o reajuste do Piso Nacional do Magistério, que este ano é de 13,01%. O Sinsep destaca que estas conquistas resultaram de muito diálogo da direção do Sindicato com o prefeito Osvaldo Jurck, que sempre esteve disposto a negociar com a categoria. Os demais pontos da pauta de reivindicações, aprovados na Assembleia Geral do último dia 11, serão discutidos a partir de maio em mesa de negociação permanente estabelecida entre Sinsep e administração municipal.


19 de Março 2015

Servidor jaraguaense inicia
Campanha Salarial de 2015

Categoria reivindica 12% de reajuste salarial

Reajuste salarial de 12% e aumento do auxílio alimentação de R$ 20,00 para R$ 25,00 por dia trabalhado. Estas são as principais reivindicações econômicas dos servidores públicos municipais de Jaraguá do Sul, aprovadas durante Assembleia da categoria, na noite do dia 18, no auditório do STIVestuário. "Agora, somente seremos vitoriosos se houver mobilização de toda a categoria", conclamou o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schorner, citando o lema da Campanha Salarial 2015: "Eu quero aumento real". Já a vice-presidente, Neiva Fracasso lembrou que "Sindicato forte se faz com a categoria reunida".

Os servidores contribuíram com sugestões à pauta de reivindicações a ser negociada com a Prefeitura, que inclui a "incorporação dos adicionais de aperfeiçoamento, pós-graduação e regência de classe, para fins de aposentadoria; canal permanente de negociação com a Prefeitura; fim das terceirizações e pela valorização dos concursos públicos; 14º salário para os agentes comunitários de saúde; saúde e melhores condições de trabalho; que a Prefeitura reveja, junto ao ISSEM (Instituto de Seguridade do Servidor Municipal) a demora na concessão da aposentadoria para os servidores; além da garantia de acessibilidade nos locais públicos".

A Assembleia aprovou a inscrição de sete servidores para fazerem parte da comissão de negociação junto ao Sinsep. Ofício com o resultado da Assembleia será protocolado ainda hoje à tarde para o prefeito Dieter Janssen. No início da Assembleia os servidores presentes deram salva de palmas ao servidor aposentado Cláudio Dalsoquio, falecido neste mês. Pedreiro de profissão, Cláudio era diretor do Sinsep desde a fundação da entidade até o mandato anterior, com mais de 20 anos dedicados à defesa da categoria.


19 de Março 2015

Prefeitura retira Projeto de Lei que
previa cortede direitos dos ACT’s

     A articulação feita pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinsep) assegurou a retirada do Projeto de Lei Complementar 2/2015 da Câmara de Vereadores. O Projeto cortava direitos dos servidores ACTs (Admitidos em Caráter Temporário), como os 8% do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FTGS) e mais 8% relativos ao adicional de Pós-graduação e teve a imediata ação contrária do Sinsep, que havia solicitado audiência com os vereadores para solicitar apoio. No dia 11 de março, a direção do Sindicato reuniu-se com a presidente do Legislativo, vereadora Natália Petry (PMDB), que integra a base aliada ao prefeito Dieter Janssen (PP). Como resultado da articulação política desencadeada pelo Sinsep, a Prefeitura retirou o Projeto na terça-feira (17). "Sempre manifestamos nossa posição de que nenhum direito fosse violado e fomos levados em consideração", agradece o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schörner. "Foi uma vitória política da categoria, como um todo, e o reconhecimento ao trabalho dos servidores ACTs", avalia Luiz.


18 de Março 2015


13 de Março 2015

Sinsep e prefeito de Schroeder iniciam negociação salarial

 Servidores reivindicam reajuste de 11% nos salários e aumento do vale refeição para R$ 350,00 mensais

    Diretores do Sinsep, acompanhados de representantes dos servidores de Schroeder, foram recebidos na manhã desta sexta-feira (13) pelo prefeito Osvaldo Jurck, dando início às negociações da pauta de reivindicações aprovada pela Assembleia da Campanha Salarial na noite da última quarta-feira (11), no Centro Múltiplo Uso. “Nesta primeira rodada de negociação, fizemos a defesa de nossa pauta e o prefeito ficou de nos dar uma resposta na próxima semana, depois de analisar todos os itens com sua equipe de governo”, informa o presidente do Sindicato, Luiz Cezar Schörner

     Os servidores de Schroeder reivindicam 11% de reajuste salarial – incluindo a variação o INPC – e aumento do vale refeição de R$ 250,00 para R$ 350,00. Estes são os dois principais itens da pauta aprovada na Assembleia, onde também convocada pelo Sinsep e realizada no Centro Múltiplo Uso, na quarta-feira (11). Na oportunidade, também foram escolhidos cinco servidores para integrar a Comissão de Negociações, junto com diretores do Sinsep: Silvania Ferreira (Assistência Social); Odair Vidal e Eduardo Busarello (Obras); Janete Pereira, Cláudia Regina Q. Lombardi e Maristela Pacheco Maciel (Saúde).

     A pauta aprovada pela Assembleia ainda inclui as seguintes reivindicações: liberação de dirigente sindical; implantação de forma integral de 1/3 da Hora Atividade na jornada de trabalho para os professores; nomear professores de concurso; revisão do Plano de Carreira do Magistério; revisão do Plano de Cargos e Salários; melhoria nas condições de trabalho; acessibilidade; jornada de 30 horas para assistentes sociais; repasse do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ); pagamento de insalubridade e do 14º salário para agente comunitário de saúde; igualar salários das auxiliares de saúde bucal de ESF com as que atuam na Unidade Base.

   O ofício contendo a pauta de reivindicações dos servidores foi protocolado na manhã de quinta-feira (12) na Prefeitura de Schroeder. Porém, antes mesmo da realização da Assembleia, o prefeito Osvaldo Jurck já havia agendado a reunião de negociações realizada nesta sexta-feira (13).

     A Assembleia de Schroeder foi a segunda do calendário da Campanha Salarial 2015 dos servidores públicos municipais da região, que tem como lema “Eu quero aumento real de salário”. A primeira aconteceu no último dia 2 reunindo os servidores de Guaramirim, que também reivindicam 11% de reajuste no salário, além do aumento de R$ 100,00 no vale alimentação. Embora o Sinsep já tenha protocolado ofício na Prefeitura, na semana passada, solicitando abertura de negociações, o prefeito guaramirense ainda não se manifestou oficialmente.

     A próxima Assembleia da Campanha Salarial será com os servidores de Jaraguá do Sul, no próximo dia 18, no STIVestuário. Já a de Massaranduba está marcada para 25 deste mês, na Câmara de Vereadores, e a Corupá ocorrerá em 8 de abril, na Câmara Municipal Corupaense. Todas estão marcadas para iniciar às 18 horas.

Foto: José A. Lourenço

Reunião de negociação aconteceu na manhã desta sexta, no gabinete do prefeito de Schroeder
12 de Março 2015

Sinsep é contra Projeto de Lei que retira
FGTS e Adicional de Pós-graduação dos ACT’s

No dia 17 de março, antes da sessão legislativa, o Sinsep tem audiência marcada com os vereadores de Jaraguá do Sul. O objetivo é tentar impedir a aprovação do Projeto de Lei Complementar 2/2015, enviado pelo Executivo que prevê a retirada de direitos dos servidores Admitidos em Caráter Temporário (ACT). Se o Projeto for aprovado, os ACTs vão perder os 8% do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FTGS) e ainda o Adicional de 8% aos servidores que possuem Pós-graduação. O Projeto de Lei Complementar foi enviado à Câmara de Vereadores em 26 de fevereiro e pode gerar uma perda aproximada de R$ 450,00 mensais para os ACTs que têm jornada de 40 horas semanais. A diretoria do Sinsep já solicitou audiência também com o prefeito Dieter Janssen para tratar do assunto o mais breve possível.

"Ano passado o Sinsep deixou claro para a administração municipal que é contra a retirada de direitos dos servidores, sejam eles ACTs ou não", critica o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schorner, lembrando que a medida vai penalizar ainda mais os servidores temporários, que "já possuem uma realidade contratual complicada”. Conforme o resultado da audiência com os vereadores, será convocada uma Assembleia Geral com os servidores ACTs para discutir os novos encaminhamentos. Até a semana passada, a Prefeitura de Jaraguá do Sul havia contratado, em caráter temporário, 285 professores, 21 merendeiras e 66 auxiliares de sala, que poderão ser diretamente atingidos pelo referido Projeto de Lei Complementar, caso aprovado.


10 de Março 2015


05 de Março 2015


05 de Março 2015


05 de Março 2015

Servidores de Guaramirim reivindicam
11% de reajuste salarial

 Categoria também exige que prefeito reabra negociações com o Sinsep

     Reunidos em Assembleia Geral na noite de segunda-feira (3), na Câmara de Vereadores, os servidores públicos municipais de Guaramirim aprovaram como principais itens de pauta reivindicar 11% de reajuste salarial – incluindo a variação o INPC – e o aumento de R$ 100,00 no vale alimentação. Outros dois itens também destacados pela categoria foram a reabertura imediata de negociações do prefeito com a direção do Sinsep e a liberação de dirigente sindical no município.

.

     Na pauta aprovada pela Assembleia ainda constam as seguintes reivindicações: continuidade da revisão do PCS para todas as categorias e do Plano de Carreira do Magistério; Plano de Saúde para os servidores; retorno dos 15% da pós-graduação para ACTs; pagamento do Piso Nacional do Magistério; implantação de forma integral de 1/3 da Hora Atividade na jornada de trabalho para os professores; insalubridade e 14º salário para agentes comunitários de saúde; acessibilidade; saúde e melhores condições de trabalho.

Quatro servidores foram escolhidos pela Assembleia para integrar a Comissão de Negociações, junto com diretores do Sinsep:
Vanderlei Martins (Educação), Tiago Dolny (Obras), Olga Nalu Gonçalves Brugnago (Hospital Santo Antônio) e Marilza Slabiski Zazycki (Saúde). Um ofício comunicando a decisão da Assembleia e solicitando abertura das negociações será protocolado na Prefeitura de Guaramirim ainda nesta semana.

     A Assembleia de Guaramirim foi a primeira do calendário da Campanha Salarial 2015, que tem como lema “Eu quero aumento real de salário”. A próxima será com os servidores de Schroeder e acontecerá no dia 11 deste mês, no Centro Múltiplo Uso. Outras duas também estão agendadas para março: a de Jaraguá do Sul, no dia 18, no STIVestuário; e a de Massaranduba, no dia 25, na Câmara de Vereadores. Já com os servidores de Corupá, a Assembleia ocorrerá em 8 de abril, na Câmara Municipal Corupaense. Todas estão marcadas para iniciar às 18 horas.

Ofício Câmara de Vereadores Guaramirim

Ofício Prefeitura Municipal de Guaramirim


02 de Março 2015


25 de Fevereiro - 2015


24 de Fevereiro - 2015

Servidores da microrregião
reivindicam aumento real

Campanha Salarial da categoria foi lançada nesta terça-feira,
durante entrevista coletiva à imprensa

"Eu quero aumento real de salário" é o lema da Campanha Salarial 2015 dos servidores públicos municipais de Jaraguá do Sul e Região, que foi lançada oficialmente na manhã de ontem (24), durante entrevista coletiva à imprensa, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, conduzida pelo presidente do Sindicato, Luiz Cezar Schorner. "A campanha será levada a todos os servidores da microrregião, vamos conscientizar a categoria de que há necessidade de participar das Assembleias onde aprovaremos a reivindicação de reajuste salarial acima da inflação", conclama Luiz Cezar. "Os servidores precisam ser valorizados e isso se dará com aumento real da salário", complementa.

"Em média, as Prefeituras tiveram um incremento de mais de 10% nos principais impostos que compõem a receita corrente líquida dos municípios, por isso entendemos que todos os prefeitos têm condições de conceder aumento real", defende o presidente do Sinsep, citando o FPM (Fundo de Participação dos Municípios), que teve aumento de 11%, do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), com média de 10,6% de aumento na arrecadação, e do Fundeb (Fundo Nacional da Educação Básica), com 9,7% de incremento. "Baseados nestes índices e nos gastos das prefeituras com pessoal, acreditamos que o aumento real é possível", reforça.

Em relação às condições de trabalho, Luiz Schorner lembra que os servidores de cada município devem elencar os problemas maiores, mas ele cita a falta de climatização nos locais de trabalho, aliada ao calor intenso deste início de ano: "Iniciamos um levantamento de locais de trabalho onde não tem ar condicionado e, de posse desses dados, vamos cobrar das autoridades para que durante o ano instalem mais equipamentos e solucionem a falta de climatização dos ambientes", cobra Luiz Schorner. Outro ponto importante é a questão da falta de acessibilidade nos prédios públicos, tanto para os servidores com necessidades especiais quanto para a população em geral. "É preciso que se tenha acesso adequado, de acordo com a legislação em vigor", reclama.

A primeira Assembleia da Campanha Salarial prevista no calendário acontece às 18 horas do dia 2 de março (segunda-feira), reunindo os servidores de Guaramirim, na Câmara de Vereadores. "Precisamos que todos os servidores participem da Assembleia", convoca Luiz Schorner. As demais assembleias acontecem nos seguintes dias e locais, sempre às 18 horas: Dia 11 de março, no Centro Múltiplo Uso, em Schroeder; dia 18 de março, no STIVestuário, em Jaraguá do Sul; no dia 25 de março, na Câmara de Vereadores de Massaranduba; e dia 8 de abril, na Câmara de Vereadores, em Corupá. Durante a coletiva foram abordados outras reivindicações gerais da campanha salarial, como o fim da terceirização no serviço público, realização de mais concursos públicos, mesas de negociação permanentes e planos de cargos e salários e de carreira. Também estiveram na coletiva as diretoras do Sinsep, Neiva Fracasso e Julie Poglia.


Profissionais da imprensa durante a entrevista coletiva, na sede do Sindicato


Cartaz da campanha salarial e o cronograma das assembleias.


23 de Fevereiro - 2015


16 de Fevereiro - 2015


13 de Fevereiro - 2015

Estatuto dos Servidores de Jaraguá disponível no site do Sinsep

 Prêmio Especial entre as conquistas da categoria no novo estatuto

     O Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Jaraguá do Sul está em vigor desde o dia 26 de janeiro deste ano e já pode ser consultado no site do Sinsep (clique aqui). O Sindicato também vai imprimir o documento em breve e entregará exemplares dessa versão nos locais de trabalho.

 PRÊMIO ESPECIAL

     Entre as inúmeras conquistas obtidas, destacamos, inicialmente, a que consta no artigo 120, estabelecendo Prêmio Especial ao servidor efetivo ativo que completar 25 anos de serviço público no Município, suas Autarquias e Fundações.  O prêmio consiste de uma importância em dinheiro equivalente a duas vezes o menor vencimento pago pelo Município na data de sua concessão.

 COMO SOLICITAR

     O prêmio deve ser solicitado mediante a entrega de requerimento (modelo disponível aqui) do servidor à Diretoria de Gestão de Pessoas, da Secretaria da Administração, quando completar os 25 anos. Quem tem mais de 25 anos de serviço público no Município, suas Autarquias e Fundações já pode requerer o Prêmio Especial. 

ALGUNS PERÍODOS DE AFASTAMENTO NÃO SOMAM

     Mas atenção, pois NÃO são considerados para a soma dos 25 anos os períodos de afastamento devido às seguintes licenças: por motivo de doença em pessoa da família; para tratar de interesses particulares; para desempenho de mandato classista.

 AGUARDE: EM BREVE O SINSEP DESTACARÁ OUTROS AVANÇOS CONQUISTADOS PARA OS SERVIDORES DE JARAGUÁ NO NOVO ESTATUTO.


06 de Fevereiro - 2015

Sinsep apoia evento da Cipa da Prefeitura de Jaraguá sobre segurança no trabalho

 Schörner salienta que as condições de trabalho devem ser as ideais e não apenas as melhores possíveis

     O Sinsep participou, como apoiador, do 1º Encontro de Segurança no Trabalho, promovido pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Cipa) da Prefeitura de Jaraguá do Sul no último dia 4, no pavilhão “A” do Parque de Eventos, reunindo cerca de 1,5 mil participantes. “Bem-estar e qualidade de vida” foi o tema desta iniciativa voltada exclusivamente aos servidores da Secretaria da Educação, a quem foram apresentadas três palestras, com destaque para “Estresse? O que te cansa?”, ministrada por Cleunice Gascho Ossowski e Giorgiane S. O. Pepeliascov, da Gerência de Assistência ao Servidor.

     De acordo com o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schörner – um dos representantes do Sindicato no evento –, este tema em especial provocou reflexões importantes acerca da amplitude de fatores que influenciam no grau de segurança dos servidores em seus ambientes de trabalho. Para ele, além de medidas para assegurar a integridade física dos trabalhadores, também é preciso garantir sua saúde emocional. Schörner salientou que, em ambos os casos, é o empregador – no caso, a Prefeitura de Jaraguá – o maior responsável pelas condições de trabalho oferecidas aos servidores, as quais devem ser as ideais e não apenas as melhores possíveis. “O servidor deve cobrar isso do gestor e, não tendo resposta, deve entrar em contato com o Sinsep para que possamos exigir a solução do problema”, orienta o presidente do Sindicato.

     “Motivação e trabalho em equipe” e “Bem-vindos a 2015” foram as outras duas palestras do evento, em que o Sinsep também esteve representado pela vice-presidente Neiva Fracasso, a tesoureira Idinei Petry, e a diretora de Saúde e Segurança no Trabalho, Julie Poglia. Contato com o Sinsep pode ser feito pelo telefone 3371-9264, pelo site www.sinsepjs.org.br ou pelo e-mail sinsep@netuno.com.br.

Luiz Schörner (D) integrou a mesa de autoridades do evento, junto com o técnico de segurança no trabalho, Cláudio dos Santos, o secretário da Educação, Elson Cardozo, o prefeito Dieter Janssen, a presidente da Cipa, Luciana Rovani e a chefe de gabinete Fernanda Witkowsky
(foto de Francisco Junkes/PMJS - cedida pela Diretoria de Comunicação/PMJS)


03 de Fevereiro - 2015

Sinsep solicita pagamento dos 13,01% de reajuste do Piso Nacional do Magistério

 Ofícios protocolados em 26 de janeiro junto às prefeituras de Corupá, Guaramirim, Massaranduba e Schroeder, também solicitaram implementação de 1/3 de horas atividades

     O Sinsep protocolou no início da semana passada ofícios junto às prefeituras de Corupá, Guaramirim, Massaranduba e Schroeder solicitando que seja pago aos professores desses municípios o reajuste do Piso Nacional do Magistério, que este ano é de 13,01%, conforme anunciado pelo Ministério da Educação (MEC). Com isso, o PNM passa para R$ 1.917,78 e seu pagamento deve ser retroativo a 1º de janeiro deste ano. Nos mesmos documentos, de acordo com o presidente do Sindicato, Luiz Cezar Schörner, também foi solicitada a implementação de forma integral de 1/3 de horas atividades na jornada de trabalho para os professores. As duas medidas estão previstas na Lei 11.738/2008, que dispõe sobre o Piso do Magistério.

     O índice de reajuste do Piso Nacional do Magistério foi anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) no início de janeiro, após reuniões do ministro da Educação, Cid Gomes, com representantes do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). A Lei 11.738/2008 determina o reajuste do piso em seu artigo 5º e a implementação de 1/3 de horas atividades em seu artigo 2º.

 Clique aqui para conferir o ofício encaminhado à Prefeitura de Corupá.

Clique aqui para conferir o ofício encaminhado à Prefeitura de Guaramirim.

Clique aqui para conferir o ofício encaminhado à Prefeitura de Massaranduba.

Clique aqui para conferir o ofício encaminhado à Prefeitura de Schroeder.


26 de janeiro - 2015


19 de dezembro - 2014

COMUNICADO REFERENTE AO PAGAMENTO DAS FÉRIAS

     Diante do "Comunicado da Diretoria de Gestão de Pessoas" (Boletim da
Comunicação do dia 19 de dezembro de 2014) informando que a Prefeitura de Jaraguá do Sul fará o pagamento das férias somente no dia 7 de janeiro de 2015, o Sinsep orienta os servidores que se sentirem lesados pelo referido atraso a procurarem a assessoria jurídica da entidade, a partir do dia 12 de janeiro de 2015 (contatos devem ser mantidos através do telefone 3370-1399).

O Art. 56º do Estatuto dos Servidores diz, textualmente, que "o pagamento da remuneração das férias será efetuado até dois dias antes do início de sua fruição pelo servidor". Nesse caso, as férias deveriam ser pagas até o dia 31 de dezembro de 2014.

A DIRETORIA


04 de dezembro - 2014

Aprovado Estatuto do Servidor de Jaraguá

     A Câmara de Vereadores aprovou, na sessão dessa terça-feira (2), o Estatuto do Servidor Público Municipal de Jaraguá do Sul, mantendo o texto reencaminhado pelo prefeito ao Legislativo. Assim que for publicada a nova lei que institui o Estatuto do Servidor – o que deverá acontecer nos próximos dias –, o Sinsep irá disponibilizá-la em sua página na internet (www.sinsepjs.org.br). O Sindicato também vai imprimir o documento em 2015, quando entregará exemplares da versão impressa nos locais de trabalho.


28 de novembro - 2014

Comerciários lotam a Câmara
para dizer não ao horário livre

     Jaraguá do Sul - Comerciários e comerciárias viraram às costas ao vereador Jeferson de Oliveira, do PSD, durante a sessão desta quinta-feira, 27 de novembro, na Câmara de Vereadores. A atitude foi em protesto a ao vereador e seu projeto de lei (nº 174) que propõe horário livre para o comércio local. A intenção do vereador, revelada na sessão de terça-feira (dia 25), gerou indignação entre os empregados no comércio e dirigentes sindicais de trabalhadores de Jaraguá do Sul e Região, que lotaram a plenária.

     Todos foram pedir ao vereador a retirada do projeto e deixar claro para o Legislativo que os comerciários e comerciárias não aceitam trabalhar aos domingos e abrir mão de um direito tão duramente conquistado, que são as folgas. “Temos família, temos vontade de ficar com ela pelo menos aos domingos”, afirma a comerciária Marli. O vereador Jeferson confirmou a intenção de fazer os comerciários trabalharem aos domingos e usou argumentos incoerentes e desumanos, como fazer horas extras para ganhar mais, mesmo às custas da saúde.

     A presidenta do Sindicato dos Empregados no Comércio, Ana Roeder, ao falar na tribuna da Câmara, apelou a todos os vereadores para que rejeitem o projeto. João Fiamoncini, do PT, José de Ávila se posicionaram contra o projeto, na tribuna. Na avaliação de Ana, o que acontece é a velha luta de classes. “Estamos lutando há muitos anos pelo fim do trabalho aos domingos. Trata-se de uma questão mundial acabar com o trabalho aos domingos. Não se trabalha aos domingos na França, na Itália, na Espanha e aqui em Jaraguá do Sul o vereador propõe uma coisa dessas”, afirma Ana, que representa os trabalhadores em nível nacional e internacional, enquanto dirigente da CUT, Central Única dos Trabalhadores.

     Durante o dia, os dirigentes do Sindicato entregaram a cada vereador uma Moção de Repúdio, assinada pelos presidentes dos Sindicatos de Trabalhadores de Jaraguá do Sul e Região (em anexo). A presidenta do Sindicato dos Empregados do Comércio considera irresponsável a atitude do vereador ao entrar com um projeto com esse teor sem consultar as partes interessadas. “O projeto foi feito na calada da noite e somente iria beneficiar as grandes empresas que não estão satisfeitas em ter que respeitar a lei”. De acordo com o depoimento de outros vereadores e da própria presidenta do Sindicato, tampouco a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) se mostrou favorável ao projeto de Jeferson de Oliveira. Fonte: Informaeditora


27 de novembro - 2014

Movimento sindical repudia tentativa de impor o horário livre no comércio

Dirigentes sindicais de Jaraguá do Sul e Região – representantes de seis Sindicatos de Trabalhadores – se reuniram com o vereador João Fiamoncini (PT), na tarde de hoje (26), na sede do Sindicato dos Empregados no Comércio para discutirem as estratégias de ações que serão usadas para impedir que os vereadores venham a apoiar projeto de lei de autoria do vereador Jeferson de Oliveira, do PSD, que propõe horário livre no comércio local. Na avaliação dos dirigentes sindicais, o vereador Jeferson está cometendo um equívoco e uma traição aos comerciários e comerciárias de Jaraguá do Sul.

A Intersindical de Trabalhadores vai entregar a cada vereador uma Moção de Repúdio ao Projeto de Lei (nº 174/2014). "De maneira irresponsável e à revelia de toda a categoria comerciária", o vereador quer a revogação do parágrafo único do Artigo 345 da Lei Municipal nº 1182/1988, alterada pela Lei Municipal 4130/2005, que restringe o funcionamento do comércio aos domingos e feriados a 13 datas durante o ano, diz o teor do documento, lembrando ainda que o vereador Jeferson "ignora a necessidade de negociação com a entidade representativa dos comerciários e comerciárias de Jaraguá do Sul e Região, "que por inúmeras vezes manifestou-se contrária à abertura do comércio aos domingos e feriados".

O Sindicato conclama a categoria a participar da sessão da Câmara de Vereadores, que acontece às 18 horas desta quinta-feira (27), e se mobilize para que esse projeto não seja sequer votado. "De acordo com o texto do projeto de lei, a intenção do vereador Jeferson é fazer com que os comerciários passem a trabalhar todos os dias da semana, incluindo domingos e feriados, ferindo assim a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria", denuncia a presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio, Ana Maria Roeder, que classifica o fato como “uma afronta aos direitos dos trabalhadores do comércio". Fonte: Informaeditora


26 de novembro - 2014

Sinsep solicita que férias coletivas de Jaraguá iniciem dia 05 de janeiro

     No dia 21 de novembro, o Sinsep protocolou na Prefeitura de Jaraguá do Sul um ofício solicitando ao prefeito Dieter Janssen que as férias coletivas dos servidores públicos municipais tenham início do dia 05 de janeiro/2015. Conforme consta no protocolo, o prefeito tem até o dia 15 de dezembro/2014 para dar sua resposta a essa solicitação. Confira abaixo cópias do ofício e do protocolo.


13 de novembro - 2014


05 de novembro - 2014

Sinsep abre inscrições para nova
turma do curso

Excelência no Atendimento ao Usuário da Rede Pública

Capacitação é gratuita e destinada a servidores municipais sindicalizados

Devido ao grande número de interessados em fazer o curso Excelência no Atendimento ao Usuário da Rede Pública, o Sinsep decidiu organizar uma nova turma, agora com 40 vagas. As inscrições já estão abertas e encerram no próximo dia 26, devendo ser efetuadas na sede do Sindicato (Rua Marina Frutuoso, 955 – Centro) ou pelo telefone 3371-9264. De acordo com o presidente do Sindicato, Luiz Cezar Schörner, essa capacitação também é gratuita e destinada a servidores públicos municipais sindicalizados.

Com duração total de 20horas/aula a formação envolve quatro encontros, que serão realizados nos dias 1º, 5, 11 e 15 de dezembro, também no auditório do Sindicato do Mobiliário e da Construção Civil (Siticon), a partir das 18 horas. Será concedido certificado aos participantes e, para os servidores de Jaraguá do Sul e professores municipais de Guaramirim, contará para progressão funcional em seus respectivos Planos de Cargos, Carreiras e Vencimentos. O curso Excelência no Atendimento ao Usuário da Rede Pública é organizado pela Logos Educacional, de Indaial, e ministrado pelo consultor de Recursos Humanos, professor Jorge Chiodini.

PRIMEIRA TURMA - A aula inaugural da primeira turma aconteceu em 30 de outubro, com os alunos e o professor Jorge Chiodini sendo recepcionados pelo presidente e pela vice-presidente do Sinsep, Luiz Schörner e Neiva Fracasso, além dos diretores Idinei Petry, Jorge Pedroso e Espedito Pauli. Por se tratar de de curso que aborda um tema de interesse geral, a turma reúne servidores de variadas áreas da administração municipal. Um dos participantes é o jornalista Emerson Gonçalves de Almeida, da Diretoria de Comunicação. Para ele, “qualquer curso que vise aprimorar o atendimento ao usuário da rede pública só agrega valores aos próprios servidores que dele participam e nos leva a uma reflexão sobre procedimentos e, principalmente, de nossa postura diante daqueles que necessitam do serviço público". Os próximos encontros dessa turma estão agendados para 14, 20 e 21 deste mês.

ATENÇÃO - Como as vagas são limitadas, solicita-se o comprometimento dos inscritos a participar do curso, pois quem se inscreve e não comparece às aulas está tirando a oportunidade de outro servidor interessado em se capacitar.


28 de outubro - 2014


15 de outubro - 2014


14 de outubro - 2014

Sinsep destaca avanços no Estatuto do Servidor aprovado pelos vereadores de Jaraguá do Sul

            A Câmara de Vereadores aprovou, na sessão do dia 9 de outubro, o Projeto de Lei 5/2014, de autoria do Executivo, que institui o novo Estatuto dos Servidores Públicos Municipais de Jaraguá do Sul. "Temos muito a comemorar com o novo Estatuto, que vai melhorar a relação entre os próprios servidores e a administração", disse o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schörner, reforçando que o novo texto traz avanços importantes para o servidor, em relação ao anterior, que é de 1993. Luiz Schorner destaca algumas conquistas importantes do novo Estatuto, como "a inclusão do pagamento do adicional de 100% das horas extras praticadas pelo servidor aos domingos e feriados; reconhecimento de que o menor salário pago pela administração esteja baseado no Piso Salarial Estadual; possibilidade de antecipação de 50% do 13º salário, a pedido do servidor; prêmio especial para o servidor que completar 25 anos de serviço público, correspondente a duas vezes o menor salário pago pela prefeitura; regulamentação do período de recesso de final de ano; auxílio emergência, que corresponde a cinco vezes o menor salário pago pelo município, em caso de catástrofes naturais, como enchentes e deslizamentos; liberação de servidor para exercer mandato de dirigente sindical, entre outras. A vigência do novo Estatuto é retroativa a 1º de agosto de 2014. Após sanção do prefeito Dieter Janssen, o Sinsep vai disponibilizar a íntegra do novo Estatuto em sua página, na internet, além de produzir uma cartilha para ser distribuída à categoria, no início do próximo ano.


02 de outubro - 2014


01 de outubro - 2014

Estatuto do Servidor aprovado em primeira votação

      O projeto de lei do Estatuto do Servidor de Jaraguá do Sul foi aprovado pela Câmara de Vereadores por dez votos na sessão realizada nesta terça-feira (30), em primeira votação. Inicialmente previsto para ser votado no último dia 25, o projeto foi retirado da pauta devido a um desentendimento entre a Câmara Municipal e a Prefeitura acerca do relatório de impacto financeiro. Resolvido o impasse, o Estatuto finalmente foi apreciado pelos vereadores, mas ainda precisa ser submetido à segunda votação para ser aprovado pelo Legislativo.

     A segunda votação está agendada para a sessão de quinta-feira (2), que inicia às 18 horas. A diretoria do Sinsep convida os servidores públicos municipais de Jaraguá do Sul a comparecer na Câmara de Vereadores para acompanhar mais esta importante conquista para a categoria, que será contemplada com melhorias como: hora extra de 100% aos domingos e feriados; auxílio emergência correspondente a cinco vezes o menor salário pago pelo município; ampliação de 15 para até 30 dias de atestado ou licença médica por motivo de doença em pessoa da família para não perder a licença prêmio; criação da hora de sobreaviso (30% sobre a hora normal); e prêmio especial para o servidor que completar 25 anos de serviço público (duas vezes o menor salário pago pela Prefeitura), entre outras.

     Nessa quinta-feira (2), venha à Câmara de Vereadores para acompanhar a segunda votação do nosso Estatuto – o Estatuto do Servidor de Jaraguá do Sul. Lembre-se: a sessão começa às 18 horas.


15 de Setembro - 2014

Plebiscito Constituinte na microrregião

Mais de 6 mil votos deram vitória ao SIM

     A maioria dos 6.223 participantes do Plebiscito Constituinte em Jaraguá do Sul e Região é favorável a que o Congresso Nacional convoque uma Assembleia Nacional Constituinte soberana e exclusiva para realizar a reforma do sistema político brasileiro. De acordo com a coordenação regional do Plebiscito – instalada na sede do Sinsep –, os votos foram recolhidos durante a Semana da Pátria em 19 urnas, resultando na seguinte apuração: 6.105 sim; 100 não; 13 brancos; cinco nulos. A coordenação regional coletou votos em Joinville (sete urnas), Jaraguá do Sul (dez urnas), Corupá e Massaranduba (uma urna em cada município). A maior participação foi registrada em Jaraguá do Sul, com 4.391 votantes. Deste total, 4.301 votaram sim e 75 optaram pelo não, sendo computados ainda 11 votos brancos e quatro nulos. Os votos apurados em Jaraguá do Sul e Região foram encaminhados à coordenação estadual, em Florianópolis, que, por sua vez, remeterá o resultado obtido em Santa Catarina à Secretaria Operacional Nacional, em São Paulo/SP.

     A Intersindical dos Trabalhadores esteve reunida manhã de hoje (15), no comitê regional do Plebiscito (foto), para avaliar a receptividade do movimento em nossa microrregião. Uma das coordenadoras do Plebiscito, a dirigente do Sinsep, Júlie Poglia informa que em nível nacional foram coletados 1,748 milhão de votos pela internet e levantamentos indicam que chegou a 10 milhões de votos coletados em todo o país. Em princípio, os números finais da apuração serão divulgados no dia 24  deste mês. "Esta era a marca que a gente esperava, com certeza foi um grande passo na construção de uma constituinte exclusiva e soberana do sistema político", avalia. Júlie considera que a expectativa de coleta de votos em nossa microrregião também foi atendida. "O trabalho foi muito bem feito, temos que agradecer ao empenho de todo o movimento sindical, às associações de moradores que também deram sua contribuição. A população entendeu os motivos do plebiscito, se tivéssemos mais tempo teríamos dobrado o número de votos. Agora, o que a gente precisa é da reforma política, que aconteça de verdade", conclui Júlie.


12 de Setembro - 2014

Professores da rede municipal de ensino recebem orientação sobre aposentadoria

     Um público atento participou do Seminário sobre Regras de Aposentadoria para Professores da Rede Municipal de Ensino, promovido pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinsep) na noite do dia 10, no auditório do STIVestuário. A promoção teve o apoio do ISSEM e contou com as presenças da presidente do Instituto, Rosana Maria de Souza Rosa, da superintendente de Previdência, Deise Rodrigues, do presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schorner, diretores e assessores do Sindicato. A palestra sobre aposentadoria ficou a cargo da assistente de benefícios do ISSEM (Instituto de Seguridade do Servidor Municipal), Rosemary Dalcanalli Klinkoski, que abordou as especificidades do Magistério na obtenção da aposentadoria, como tempo de contribuição (30 anos para o homem e 25 anos para a mulher), de serviço público (10 aos para ambos)  no cargo (5 anos para ambos) e idade mínima (de 55 anos para homem e 50 anos para mulher), desde que comprove o efetivo exercício das funções do Magistério, ou seja, em sala de aula.

     Muitas dúvidas vieram à tona nas perguntas do público feitas às representantes do ISSEM. O Sinsep entregou aos professores participantes do seminário uma pasta contendo a Cartilha do ISSEM Previdência, publicada pelo Instituto. "Realizamos o Seminário para os professores porque a categoria tem uma situação específica de carreira como critério de aposentadoria. Mas sabemos que este é um assunto que interessa a todos os servidores públicos municipais", comenta o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schorner, reafirmando a intenção "de realizar o seminário sobre o mesmo tema, voltado para toda a categoria".

     A presidente do ISSEM adiantou, durante o Seminário, algumas mudanças na legislação que virão nos próximos meses, como no Fundo de Assistência, "para que servidoras possam trazer seus maridos como dependentes, uma questão já aprovada pelo Conselho de Administração", lembra Rosana de Souza Rosa, "além de inovações no aumento dos benefícios para os servidores, como acupuntura e procedimentos na área dos exames médicos", antecipando que, "com o devido custeio, o servidor poderá optar pelo plano individual ou familiar". Outra novidade será a eleição para Presidente do Conselho de Administração, entre os próprios conselheiros. A reivindicação histórica do Sinsep é de que o Presidente seja eleito pelos servidores, mas Rosana disse que não há esse entendimento, ainda: "Como o ente é responsável na hora do custeio, da insuficiência, tem que ter um representante lá dentro, que seria o presidente", argumenta. A partir da nova legislação, entretanto, os cargos de presidente do ISSEM e demais diretores deverão ser ocupados por servidores efetivos.

 


04 de Setembro - 2014


CLIQUE NA IMAGEM


03 de Setembro - 2014